sábado

luz cega


o amor ...o meu...
ama infinitas vezes
em infinitos tempos
despiu-me
desalojou-me
inclemente
é luz a cegar-me.
fotógrafo Miguel Afonso

Um comentário: