sexta-feira

meu barco e você


quando barcos vejo
lembro do seu olhar perdido
no mar... no horizonte
você cansada no meu colo.
mas, num barco
vou levá-la
ao infinito
vou mostrar-lhe onde reside o amor
e vou arrancar-lhe prazeres...
acariciar,
devorar,
amor que me faz perder
o senso de mim,
amor
só meu,
num barco a correr
entre águas,
água nossas...
Fotógrafa Madalena Pestana

Um comentário:

  1. Olá :)

    Obrigada pela passagem no meu blog!

    Sim, realmente já tive outro blog, mas foi apagado!

    Agora é só este :)

    Espero novas visitas!

    *

    Rita

    ResponderExcluir