quinta-feira

pode ser...


o amor por vezes
mal compreendido
torna-se um fantasma
o amor não controla
não determina, mas
não é abismo sem fundo
não é beira de precipício
é prazer
pode ser imaginário ou real
nexual ou sexual
símbolo de um momento
leve como o ser livre
o amor pode ser grito
para os aflitos
silêncio para os cúmplices
o amor sempre pode ser
condução, gradativamente privado
intensamente revelado
fundo, matriz, quietude,
verdade...
Fotógrafo Gwen

3 comentários:

  1. Bellos blogs tienes, bella música poesía e imágenes.
    Gracias por tu visita.

    iluminaciones.

    ResponderExcluir
  2. Uma cartola de papel
    Guarda o sortilégio, a emoção
    Um passo de mágica ao acaso
    Às vezes solta luz ao coração

    Mágico fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Della,,

    Bonito conceito de amor esse...gostei!

    A música nos seus cantos é uma beleza e gosto particularmente das Ruas de Outono e Cravo embora traga saudade com elas.

    Beijinho e um excelente dia

    ResponderExcluir