sábado

tanta é a falta




sinto falta de ti
a falta rara
que me divide em partes
sou pedaços espalhados
sem destino reservado
totalidade partida
és amor que me embaraça
agonia de meu rumo
mistura de cores
meu intervalo
não consigo me reunir totalmente
tanta é a falta que sinto de ti.

Fotógrafo Ojisanjake

terça-feira

minha chave




há uma porta
um cenário a inundar
uma magia a me levar
a poesia que faço
tão malfeita, tão desabrigada
ela quer ser apenas
a chave que vai te encontrar
a porta abrir
natureza dessa paixão
que não há tempo
que fechada manterá
o amor que ouso sentir
é chave de ti.

Fotógrafo YIP

quinta-feira

minha corda



soltei as cordas
no Pacífico
me lancei
quero desbravar o mar
em navios carregados de esperanças
quero seu amor conquistar
quero deitar você
no convés de meus sentidos
quero dobrar as ondas
beber água salgada
içar velas
controlar ventos do noroeste
tempestades atravessar
empreender a viagem
rumo ao amor
certo, único
capaz de desfazer os nós
das cordas que tenho nas mãos
e enlouquecer em ti

Fotógrafo zitakamugira